Empreendedor, por que as despesas operacionais afetam o seu Patrimônio?

O patrimônio de um proprietário em um negócio sobe quando esse negócio lucra e cai quando a empresa sofre uma perda. Os lucros e prejuízos estão diretamente ligados à quantidade de dinheiro que a empresa gasta para administrar seus negócios - suas despesas operacionais. Assim, as mudanças nas despesas operacionais naturalmente afetam o patrimônio do proprietário.



Capital próprio


Partindo da equação contábil básica "Patrimônio = Ativos - Passivos". O capital de um empresário em uma empresa, então, é simplesmente a diferença entre tudo o que a empresa possui (os ativos) e tudo o que a empresa deve (o passivo). Numa Pequena Empresa típica, o patrimônio cresce de duas maneiras: quando os proprietários colocam mais dinheiro na empresa e quando a empresa realiza lucro.


Lucro


Lucro não é nada mais do que receitas menos despesas. Se as despesas aumentarem R$ 1.000 e a receita permanecer inalterada, o lucro da empresa cai em R$ 1.000. Isso significa R$ 1.000 menos que podem fluir para o capital próprio. Da mesma forma, se a empresa puder cortar custos da ordem de R$ 1.000 sem afetar as receitas, então haverá mais R$ 1.000 que podem fluir para o patrimônio do proprietário. Observe a linguagem: Lucro "pode" fluir para o patrimônio (mas também pode não fluir). O Lucro só aumenta o capital próprio se a empresa não distribuí-lo diretamente para os proprietários. Os lucros não distribuídos que vão para o patrimônio líquido são chamados ganhos retidos.


Despesas operacionais